Tecnologia

Microsoft sai em defesa da Huawei e critica governo dos EUA

A Huawei é um dos grandes parceiros da Microsoft, dado que a empresa chinesa integra o sistema operacional Windows nos seus computadores portáteis.

10/09/2019


Imagem ilustrativa/Foto: © Getty Images

O presidente da Microsoft, Brad Smith, aproveitou uma recente entrevista com a Bloomberg para sair em defesa da Huawei, considerando que o governo dos EUA devia ser mais transparente e apresentar provas da suposta ameaça que a empresa chinesa representa para a segurança nacional do país.

“Recebemos frequentemente como resposta ‘Bem, se soubessem o que sabemos, concordariam connosco’. E a nossa resposta é ‘Ótimo, mostrem-nos o que sabem para que possamos decidir por nós próprios’. É assim que este país funciona”, apontou Smith.

 

A Huawei é um dos grandes parceiros da Microsoft, dado que a empresa chinesa integra o sistema operacional Windows nos seus computadores portáteis. Assim como a Google (com o seu Android), a Microsoft foi considerada uma das principais prejudicadas pela decisão da administração Trump de incluir a Huawei na sua ‘lista negra’.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.