Tecnologia

Mesmo com pandemia da Covid-19, Xiaomi cresceu 145% na Europa

A empresa chinesa conquistou uma parte do mercado de 11% no primeiro trimestre do ano

04/06/2020


Tectudo

Um novo relatório lançado pela Counterpoint revela o mesmo ‘fenômeno’ apontado por outras empresas de análise de mercado, dando conta de um crescimento da Xiaomi durante o primeiro trimestre do ano, marcado pela pandemia da Covid-19.

Enquanto o mercado global de smartphones verificou um declínio de 7% na Europa durante este período, a Xiaomi teria crescido 145% comparando ao ano passado. Da cota de 4% de mercado no primeiro trimestre de 2019, a Xiaomi exibe agora 11%. A marca ocupa agora o quarto lugar no ranking europeu, à frente da Oppo (3%) e atrás da Huawei (16%), da Apple (22%) e da Samsung (29%), conta o Android Headlines.

Resta agora saber se este crescimento da Xiaomi foi um acontecimento isolado ou se é o início de uma tendência promissora para a marca chinesa. Teremos de esperar pelos relatórios de mercado referentes ao segundo trimestre.

Maurilio de Almeida

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.