Economia & Negócios

Mercados apreensivos: coronavírus derruba bolsas na reabertura do mercado chinês

Bolsa de Xangai abriu nesta segunda-feira (3) em queda de 8,7% e a de Shenzhen despencou 9%. É o 1º dia de operações após a epidemia se alastrar pela China

03/02/2020


Por Brasil 247 com G1

A bolsa de Xangai abriu em queda de 8,7% nesta segunda-feira (3), no primeiro pregão desde 23 de janeiro e após o feriado do Ano Novo Lunar, prolongado pelo governo chinês devido à epidemia do novo coronavírus.

A bolsa de Shenzhen também reabriu em queda de 9%. Já o índice da semi-autônoma Hong Kong, que retomou as operações em 29 de janeiro, operava em leve alta de 0,09% nesta segunda.

O yuan se desvalorizou e é cotado a 7 por 1 dólar, informa o G1.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.