Policial

Mais de 200 celulares e 500 facas já foram retirados do Presídio do Róger em 201

Saldo


17/02/2013

 
O ano começou apenas há 48 dias, mas neste curto espaço de tempo, apenas em Operações de Segurança, mais conhecidas como Pente fino, no Presídio do Roger, já foram encontrados mais de 200 aparelhos celulares e mais de 500 facas e espetos, além de duas armas de fogo, drogas, chips, carregadores de celulares, entre outros.

Essas apreensões além de outras medidas disciplinares adotadas recentemente são apontadas como uma das possíveis causas dos recentes tumultos verificadas na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nobre (Presídio do Roger), em João Pessoa. De acordo com o secretário de Segurança, Wallber Virgolino, a atual administração do sistema penitenciário não vai admitir qualquer tipo de indisciplina e garantiu que os líderes dos tumultos ocorridos recentemente já foram identificados e transferidos para o PB1.

Wallber garantiu que todos os grupos, facções e núcleos existentes dentro das unidades prisionais da PB, já foram identificados. “Fortalecemos a Gerencia de Inteligência – GESIPI no sentido de antecipar e prevenir qualquer tipo conduta delituosa”, enfatizou.

Desde que assumiu a Secretaria de Administração Penitenciária há cerca de um mês, Wallber Virgolino já determinou a instauração de 17 Processos Administrativos Disciplinares para apurar todos os casos ocorridos tanto no Presídio do Roger como em outras unidades prisionais da Paraíba.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //