Brasil & Mundo

Mãe de Andrielly passa mal em velório em Inhaúma


05/01/2013



O corpo da menina Adrielly dos Santos Vieira, de 10 anos, foi sepultado na tarde desta sábado no cemitério de Inhaúma, Zona Norte do Rio. Em estado de choque, sua mãe, Adriana Santos, passou mal no velório, na Capela Santa Cássia, e não conseguiu comparecer ao enterro. Cerca de 60 pessoas acompanharam a cerimônia, entre familiares e amigos. Muito emocionado, o pai da menina, Marco Antônio Vieira, chegou a desmaiar algumas vezes durante o sepultamento e foi amparado por amigos. Ele culpou as autoridades públicas, a administração do hospital o neurocirurgião Adão Orlando Crespo Guimarães, que não compareceu ao plantão no dia em que sua filha foi atingida por uma bala perdida na cabeça.

– Quero saber qual é o sentimento do médico, que tem mulher e filhas, sabendo que ele acabou com a alegria de uma criança cheia de alegria e destruiu a vida da nossa família? – desabafou o pai, que afirmou que lutará para que o médico e o estado sejam punidos.

Os integrantes do movimento "Rio de Paz" fizeram um protesto pacífico durante o sepultamento, levantando três placas de papelão, com cerca de um metro cada, representando as balas perdidas que atingiram três vítimas em dezembro. Integrantes do movimento "Gabriela, Sou da Paz" e famíliares das vítimas da tragédia em Realengo também compareceram ao velório para prestar solidariedade à família.

O enterro, previsto para começar às 14h, foi adiado algumas horas por conta da demora na liberação do corpo no Instituto Médico-Legal (IML). Atingida na cabeça por uma bala perdida, Adrielly, de dez anos, esperou oito horas para ser operada no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, no dia 21 de dezembro. O motivo foi a ausência do neurocirurgião Adão Orlando Crespo Rodrigues no plantão de Natal. A menina foi transferida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, onde veio a falecer onze dias depois.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.