Paraíba

Luciano Cartaxo pretende transformar Cais do Cristo em atendimento 24h

Expansão

18/07/2014




O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou esta manhã (18), a reforma e ampliação do Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) no bairro do Cristo.

Em entrevista à Rádio CBN João Pessoa, ele discorreu sobre as melhorias realizadas no Cais, falou também sobre a condição do Hospital do bairro do Valentina e aproveitou para esclarecer sobre o aumento da passagem dos coletivos de João Pessoa.

“Esta é uma boa conquista, sem dúvida. Estamos fazendo a inauguração do Cais no Cristo, mas que atenderá também toda a cidade de João Pessoa, com atendimento especializado. Temos uma UTI bem ampliada na área de Pediatria, fizemos reparações nas áreas de Fisioterapia, Enfermagem e Farmácia”.

Cartaxo disse que a ideia é poder transformar o Cais em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que funcione 24h. “A diferença do Cais é que não funciona as 24h, mas a proposta futura é essa. Faremos uma avaliação do custo operacional para transformar em atendimento 24h, com área de descanso para os funcionários, toda a infraestrutura já foi pensada para isso, para o conforto e qualidade da saúde dos profissionais e dos pacientes”, destacou.

Ele disse ainda que prioriza o bom atendimento. “Ter um atendimento diferenciado é essencial. A estrutura está pronta para atender bem os pacientes. Temos que tratar bem nossos usuários”, observou o prefeito.

Perguntado sobre as atuais condições do Hospital Municipal do Valentina, o gestor disse que a área da Saúde no Brasil tem muitos problemas, porém existe muita coisa boa sendo feita na Saúde. “Mas muitas vezes os problemas se sobrepõem ao que está sendo feito de bom. Digo claramente uma coisa: estamos fazendo uma transformação bastante positiva na Saúde aqui na Paraíba. É uma marca das nossas obras, fazer e fazer com qualidade”, ressaltou.

Na oportunidade, o prefeito foi indagado também sobre o possível aumento da passagem de ônibus em João Pessoa.

“Vamos analisar a planilha, ainda não chegou nada para nós. O Conselho ainda não aprovou a planilha. Só a partir do estudo técnico é que decidiremos reajustar ou não o valor da passagem”.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.