Economia & Negócios

Linha aérea da Itapemirim suspende operações com passageiros com malas despachadas e prestes a embarcar

Segundo a companhia aérea, a paralisação ocorreu por conta de uma 'reestruturação interna'. Anac determinou que empresa preste assistência 'imediata' aos passageiros.


18/12/2021

Ita Transportes Aéreos (arquivo) — Foto: Divulgação

Portal WSCOM / G1



A Ita Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, anunciou na noite desta sexta-feira (17) que suspendeu “temporariamente” todas as operações. No aeroporto do Galeão, passageiros relataram que só souberam da paralisação do serviço no aeroporto, pouco antes de embarcarem.

Em Guarulhos, sem conseguir embarcar, passageiros protestaram.

A companhia aérea alega que a situação está ligada a uma “reestruturação interna”.

A empresa tinha 513 voos programados entre esta sexta-feira e 31 de dezembro, segundo pesquisa no site da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os voos partiriam dos aeroportos de Guarulhos (SP), Galeão (RJ), Brasília (DF), Recife (PE), Salvador (BA), entre outros.

Segundo o G1, a empresa tinha quatro aviões em operações, todos Airbus A320.

“Informamos, por iniciativa própria, que suspendemos temporariamente todas as operações da companhia aérea, a ITA, no início da noite desta sexta-feira (17) para uma reestruturação interna.”

Também na nota, a empresa afirmou que a decisão foi tomada por “necessidade de ajustes operacionais”, e acrescenta que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foi informada da decisão.

Enquanto isso, passageiros com bilhetes companhia da aérea foram pegos de surpresa quando estavam prestes a embarcar em voos da ITA (Itapemirim).

Alguns passageiros relataram que a empresa chegou a despachar malas em guichês do Aeroporto Galeão, no Rio de Janeiro. Mas, após a notícia do encerramento das atividades, os funcionários sumiram sem prestar assistência.

Na nota, a ITA afirmou que “lamenta os transtornos causados” e disse que irá prestar assistência aos passageiros prejudicados.

Empresa disponibiliza e-mail

No comunicado da ITA à imprensa é orientado que passageiros com viagens programadas para os próximos dias que entrem em contato pelo e-mail [email protected]

Fundada em 2020, a ITA, do Grupo Itapemirim, começou a operar no dia 29 de junho deste ano. A princípio, a empresa informou que voaria para oito cidades brasileiras.

Em anúncio da própria companhia, o objetivo era, até junho de 2022, estar presente em 35 destinos no Brasil, com 50 aviões na frota.

O que diz a Anac

Em nota, a Anac informou que ITA (Itapemirim) “deve comunicar a todos os passageiros sobre cancelamento de voos, reacomodações e garantir atendimento integral” dos clientes.

O texto afirma que a agência foi comunicada por volta de 18h pela Itapemirim sobre a suspensão temporária das operações no Brasil.

A agência acrescentou ter determinado que a empresa aérea preste “imediatamente” atendimento a todos os passageiros, inclusive comunicando, individualmente, sobre o cancelamento de voos e reacomodações.

A Anac também informou que os passageiros devem receber o reembolso das passagens aéreas comercializadas.

Outra orientação da agência é para que passageiros com voos previstos, a partir deste sábado (18), não compareçam aos aeroportos antes de falar com a empresa aérea.

Além do contato pelo e-mail [email protected], a Anac indicou que os passageiros também recorram à plataforma consumidor.gov.br.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.