Política

Lígia Feliciano se reúne com embaixador para discutir missão de comitiva da Paraíba à China

19/06/2019


Imagem divulgação/Secom-PB

A vice-governadora Lígia Feliciano se reuniu, nessa terça-feira (18), em Brasília, com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, para discutir a viagem da comitiva do Governo do Estado, empresários e técnicos paraibanos, ao país, em julho.

 

A viagem é mais uma etapa do protocolo de intenções assinado pelo governador João Azevêdo com investidores chineses e americanos para a instalação de um estaleiro para reparos navais, no município de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. Somente o estaleiro receberá investimentos iniciais na ordem de R$ 3,5 bilhões e deve gerar seis mil empregos na Paraíba.

 

“Apresentei ao embaixador Yang Wanming a missão da comitiva da Paraíba na China. Além de falarmos sobre a programação, discutimos o objetivo principal da delegação que é conhecer a atividade portuária chinesa e buscar parcerias com as empresas estrangeiras. Também mostrei os potenciais do nosso Estado, os arranjos produtivos da Paraíba e como estamos preparados para receber estes investimentos. O embaixador se comprometeu em viabilizar reuniões em Pequim, com possíveis investidores”, ressaltou a vice-governadora. 

 

Imagem divulgação/Secom-PB

 

Ela ainda destacou o potencial da Paraíba em tecnologia, a exemplo do polo em Campina Grande, com a UFCG, UEPB e Parque Tecnológico, e da UFPB, entre outras instituições. Também ressaltou a infraestrutura do turismo, o algodão colorido, a produção de frutas e de leite de cabra e derivados e defendeu a atração de investimentos estrangeiros para a economia do Estado com empresas de energia renováveis.

 

Comércio bilateral – A vice-governadora enfatizou que o Brasil e a China estão sempre unidos e se apoiam no caminho do progresso comum. No ano passado, o comércio bilateral ultrapassou a casa dos US$ 100 bilhões, e a China tem sido o maior parceiro comercial do Brasil por 10 anos consecutivos. O investimento chinês também é o que mais cresce no Brasil, com estoque total de quase US$ 70 bilhões.

 

Também participaram da reunião, o deputado federal Damião Feliciano, o advogado Inaldo Leitão, além de integrantes da embaixada.

Maurilio de Almeida

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.