Política

Líder do governo na CMJP responde a acusações de propina feitas por vereador

Bruno Farias destacou que esperava que o vereador apresentasse provas concretas em vez de basear suas acusações em meras palavras.


01/05/2024

(Foto: divulgação/CMJP)

Portal WSCOM

O líder do governo na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Bruno Farias, respondeu nesta terça-feira (30) às acusações do vereador Milanez Neto sobre suposta propina envolvendo servidores públicos municipais.

Farias destacou que esperava que o vereador apresentasse provas concretas em vez de basear suas acusações em meras palavras. Ele enfatizou a importância de fundamentar a atividade política em fatos para evitar discursos vazios.

O líder também comentou sobre a formação acadêmica de Milanez Neto, mencionando que sua decisão de cursar medicina pode tê-lo desconectado das ações da cidade e da atual gestão municipal. Ele ironizou a mudança de curso do vereador, sugerindo que isso poderia tê-lo afastado do conhecimento do cotidiano dos cidadãos pessoenses e das melhorias implementadas pela administração.

Farias ressaltou os esforços da Gestão Municipal na aplicação transparente dos recursos públicos, incluindo a adoção de práticas de compliance e integridade para proteger a administração de condutas prejudiciais à qualidade de vida da população. Ele destacou a criação da Secretaria de Integridade como uma iniciativa inédita para promover a boa gestão e a legalidade nos órgãos municipais.

O líder governista também reconheceu a existência de funcionários públicos inadequados em todas as esferas da administração e na sociedade em geral. Ele afirmou que, quando surgem denúncias, o prefeito encaminha os casos ao Ministério Público, seguindo os procedimentos adequados.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //