Paraíba

Lançada em João Pessoa a Academia Paraibana de Direito (APD)

O lançamento foi na Assembleia Legislativa, durante solenidade que homenageou o jurista Ricardo Bezerra com a medalha de mérito jurídico Tarcísio de Miranda Burity.


30/05/2024

Portal WSCOM



Levar o direito para a população, rompendo muros acadêmicos que possam aprisionar esse conhecimento. É com esse propósito que foi lançada nesta quarta-feira a Academia Paraibana de Direito. O lançamento foi na Assembleia Legislativa, durante solenidade que homenageou o jurista Ricardo Bezerra com a medalha de mérito jurídico Tarcísio de Miranda Burity.

“O maior valor está em vocês, acadêmicos, e no conhecimento que devem levar para o público. Busquem parcerias com empresas, entidades para isso”, aconselhou o Presidente da Academia Brasileira de Direito Fábio Capilé durante o jantar acadêmico onde todos os membros receberam seus diplomas.

Capilé foi um dos muitos juristas de outros Estados que vieram prestigiar o momento de lançamento da APD. Também estavam presentes Roberto Victor Ribeiro, que preside o colégio de presidentes das Academias de Direito; a Presidente da Academia de Direito do Mato Grosso do Sul, Ynez da Silva Felix; e o Presidente do Instituto Silvio Meira do Pará André Meira.

O jurista paraibano e vice-presidente da ABD, Ricardo Bezerra, considerado um dos grandes articuladores da APD, ressaltou que os laços jurídicos, conhecimento e troca de informações ficam fortalecidos. “Queremos construir pontes”.

 

 

Trabalho à vista

“A perspectiva agora é trabalho. Vamos iniciar concretizando os objetivos da Academia que é a difusão das ciências jurídicas por meio de cursos, seminários, palestras, eventos que envolvam a cultura jurídica”, anunciou o advogado Boisbaudran Imperiano que ocupa a cadeira número 1 da APD e a Presidência da entidade. Ele anunciou que a posse dos 19 membros fundadores será em agosto.

Para o vice-presidente da APD, Josinaldo Malaquias, a Academia já nasceu prestigiada. “Nossa proposta é elevar o nível e a reflexão nos cursos de Direito também em parceria com a ABD e as Academias de Letras Jurídicas de todos os Estados”.

“Quando a gente recebe uma nova Academia no nosso Colégio temos a noção de que está se espraiando o conhecimento jurídico. Isso é muito importante para trazer cultura à sociedade”, lembrou Roberto Victor.

Sobre a Academia

A APD foi fundada no dia 13 de maio de 2024, por um grupo de Juristas e Professores, com sede e foro na cidade de João Pessoa, capital do Estado da Paraíba. Trata-se de uma entidade sem fins lucrativos existente em 22 Estados brasileiros. A pessoa é jurídica de direito privado – uma associação civil, de duração ilimitada e associada à Academia Brasileira de Direito (ABD).

A APD tem por objetivo o estudo do Direito em todos os seus ramos e aspectos, seja por meio de difusão, realização de cursos, publicações, seminários, congressos e culto à memória jurídica, por meio de parcerias por contratos, convênios, acordos; como também, por manifestação à área jurídica.

A Academia será formada por 40 juristas, tendo sido fundada por 19 membros sócios fundadores. Cada membro é patrono de uma cadeira da APD que homenageia um grande nome do meio. A posse será marcada para agosto, em data a ser divulgada.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //