Paraíba

Julgamento de Ruan Macário é adiado após defesa alegar problemas de saúde do réu, acusado de matar Kelton Marques


24/11/2023

Ruan Ferreira de Oliveira. (Foto: reprodução)

Portal WSCOM



O julgamento de Ruan Ferreira de Oliveira, conhecido como Ruan Macário, empresário acusado do homicídio do motoboy Kelton Marques, foi adiado novamente nesta sexta-feira (24). A defesa do réu apresentou um atestado médico alegando pedra no rim e infecção urinária, o que levou à decisão de postergar o julgamento.

A nova data marcada para o julgamento é 18 de dezembro. Ruan Macário enfrentará acusações de homicídio qualificado com dolo eventual, caracterizado quando se assume o risco de matar.

O julgamento deve ocorrer presencialmente em João Pessoa.

O caso chocou a cidade e gerou protestos de familiares e colegas da vítima, exigindo justiça. Kelton Marques, de 33 anos, deixou uma esposa e duas filhas. O acidente ocorreu em setembro de 2021, quando Ruan Macário, sob efeito de álcool e drogas, colidiu com a moto de Kelton, causando a morte instantânea do motoboy.

Imagens gravadas mostram que o carro de Ruan Macário trafegava a 163 km/h, ultrapassou o sinal vermelho e colidiu com a moto de Kelton. Após o acidente, Ruan Macário fugiu do local, sendo capturado mais de dez meses depois, em julho de 2022, na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //