menu

Política

03/12/2019


João diz que nota do PSB é ‘ato raivoso’, sinaliza exonerações e aponta procura por novo partido

Da Redação
Portal WSCOM

O governador João Azevêdo chamou de ‘ato raivoso’ a nota do PSB da Paraíba divulgada nesta tarde, após o seu anúncio de desfiliação do partido. Ele disse que nunca faltou compostura de sua parte em relação à legenda.

“É mais um ato raivoso. Acho que as coisas não são dessa forma. O povo da Paraíba sabe bem que durante todo esse ano jamais teve uma atitude minha que fosse nesta direção. O caminho e a vida seguem. Vamos buscar uma outra agremiação partidária”, declarou.

Leia mais: PSB diz que João ‘formalizou traição’, questiona legitimidade do governador e o chama de ‘dissimulado’

Azevêdo sinalizou que novas exonerações devem ocorrer. Segundo ele, qualquer reforma será feita ‘diária ou semanalmente’, e sem estabelecimento prévio de rotina para modificações. “Haverá modificações quando eu achar necessário, ou quando alguém decidir deixar o governo”, pontuou.

Nova legenda

João ainda disse que, em respeito ao PSB, ainda não tratou com nenhuma legenda a possibilidade de ingresso. A expectativa é que, a partir de agora, as conversas sejam iniciadas.

“Em respeito ao PSB, enquanto eu estivesse no partido, não trataria desse assunto. Tive convites de vários presidentes, que me procuraram e respondi a mesma coisa: ‘quando não estiver mais em um partido, procuro outro’. É essa a regra que exige o mínimo de ética, e eu tenho”, cravou.