Paraíba

João Azevêdo volta a defender rodízio de veículos e diz que plano de retomada das atividades deve ser implementado no Estado a partir de 15 de junho

A ideia é que veículos com placa de número final par só possam sair em dias pares, enquanto os veículos com final de placa ímpar, só sairiam em dias ímpares, assim como acontece em outros estados como Pernambuco e São Paulo

29/05/2020


Na imagem o governador do Estado, João Azevêdo

Portal WSCOM

O governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) defendeu mais uma vez, nesta sexta-feira (29), o rodízio de veículos na região metropolitana de João Pessoa para reforçar o isolamento social. A ideia é que veículos com placa de número final par só possam sair em dias pares, enquanto os veículos com final de placa ímpar, só sairiam em dias ímpares, assim como acontece em outros estados como Pernambuco e São Paulo.

Ainda de acordo com João Azevêdo, em entrevista concedida à TV Cabo Branco, um plano para retomada das atividades na Paraíba deve começar a ser posto em prática a partir do dia 15 de junho. Segundo o chefe do Executivo paraibano, ele foi elaborado pelo secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, e foi apresentado ao coordenador da Comissão Científica do Consórcio Nordeste, Miguel Nicolelis, que aprovou a proposta.

Nova reunião

Nesta sexta-feira (29) uma segunda rodada de debate entre o governador e os prefeitos de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita e Conde deve acontecer para definir quais medidas serão incluídas no novo decreto que visa aumentar o isolamento social.

O novo decreto com medidas mais rígidas de combate à Covid-19 deve ser divulgado de forma conjunta por todos os gestores, com validade de 15 dias, passando a vigorar a partir da próxima segunda-feira (1°).

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.