Política

João Azevêdo comenta novo decreto e aponta monitoramento na Paraíba após nova variante: “Uma incógnita”


01/12/2021

Portal WSCOM

O governador  João Azevêdo (Cidadania) comentou nesta quarta-feira (1º) os decretos publicados que obrigam a apresentação do passaporte da vacina em estabelecimentos do Estado e recomenda a prefeitos que não realizem festas públicas de réveillon. Ele pontuou que o certificado de vacinação é fundamental no mundo inteiro e a variante Ômicron será monitorada.

“O certificado de vacinação é fundamental, para quem tem uma dose, precisa apresentar o teste, para quem tem as duas doses, basta apresentar as duas doses. Quando viajo, é solicitado sempre a carteira de vacinação, fica fácil porque é proteção, às pessoas sabem que quem está em um ambiente está todo mundo protegido”, declarou.

Azevêdo revelou que os próximos 15 dias serão monitorados com cuidado pela Saúde do Estado por causa da variante Ômicron, descoberta recentemente e classificada como ‘variante de preocupação’ pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Consta no decreto a recomendação das prefeituras que sigam o exemplo de João Pessoa no sentido de evitar e ficar suspenso as festividades de fim de ano. É um risco grande com relação à incógnita desta nova variante”, disse.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.