Esporte

Jake Paul apresenta exigências para poder fechar contrato e lutar no UFC

Segundo o youtuber ele está disposto a assinar um contrato com o UFC para enfrentar Jorge Masvidal


02/01/2022

Ag. Fight



O youtuber norte-americano, Jake Paul, segue alfinetando o CEO do UFC Dana White enquanto vem se mantendo invicto no boxe. O jovem e Dana vivem rocando indiretas na internet e o episódio mais recente da disputa entre os dois nas redes sociais partiu de Paul.

Através de sua conta oficial no ‘Twitter’ Jake se dispôs a abandonar o boxe – esporte no qual vem atuando desde o início de 2020 – e assinar um contrato curto com o UFC para encarar o meio-médio (77 kg) Jorge Masvidal, com quem tem trocado provocações há algum tempo. Para assinar com o Ultimate, a celebridade, obrigatoriamente, entraria no programa antidoping da USADA (agência antidoping americana) e, consequentemente, estaria à disposição da entidade reguladora para testes surpresa.

Em troca, o youtuber divulgou uma lista de exigências, que obrigariam o mandatário do UFC a elevar o valor mínimo pago ao plantel, repartir com os atletas uma porcentagem maior da receita anual da organização e garantir assistência médica aos lutadores, mesmo os que já não fazem mais parte da liga. Vale lembrar que Jake já havia criticado a política salarial e o tratamento dispensado pelo Ultimate aos seus atletas em outras ocasiões.

“Feliz ano novo, Dana White. Aqui está um desafio real para você. Eu vou me aposentar do boxe, imediatamente, e lutar com Jorge Masvidal no UFC se você concordar em:

1) Aumentar o pagamento mínimo dos lutadores por luta para 50 mil dólares (o valor atual é de 12 mil dólares)

2)Garantir aos lutadores do UFC 50% da receita anual do UFC (1 bilhão de dólares em 2021)

3)Fornecer assistência médica de longo prazo para todos os lutadores (você anteriormente disse que danos no cérebro são parte do trabalho. Imagine se a NFL dissesse isso). Existem muitos ex-atletas do UFC que disseram publicamente que estão sofrendo de dano cerebral.

Você tem cinco dias para aceitar e implementar o acima exposto até o dia 31 de março de 2022. Uma vez implementado, eu vou imediatamente me aposentar do boxe, entrar na USADA (agência antidoping americana) e aceitar um contrato de uma luta com o UFC para enfrentar o queixo fraco Jorge.

Para todos os lutadores do UFC – chegou a hora de se levantar e criar valor para vocês mesmos e para seus colegas. Vocês merecem pagamentos maiores, vocês merecem saúde de longo prazo e, sobretudo, merecem liberdade. Apoiem uns aos outros. Eu não sou seu inimigo, eu sou seu defensor… que, de forma egoísta, quer nocautear alguns de vocês para ganhar muito dinheiro”, propôs Jake Paul.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.