Política

Internado após sofre hemorragia, prefeito de São Paulo vai despachar da UTI

Bruno Covas sofreu uma hemorragia no fígado durante uma sessão de quimioterapia.

12/12/2019


O governador do Estado de São Paulo, João Doria e o prefeito da Cidade de São Paulo, Bruno Covas, assinam protocolo para compartilhamento de informações e projetos para melhorias e manutenção das marginais Pinheiros e Tietê, em evento realizado no Palácio dos Bandeirantes. Local: São Paulo/SP. Data: 27/02/2019. Foto: Governo do Estado de São Paulo

Portal WSCOM

 

Internado para tratar um câncer, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decidiu despachar nesta quinta-feira (12) da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde está internado depois de sofrer uma hemorragia no fígado.

 

Segundo a assessoria do prefeito, Covas se encontrará com quatro membros de sua equipe entre 14h30 e 17h. O prefeito se reunirá com Mauro Ricardo (Secretário de Governo), Marcus Vinícius Sinval (Comunicação), Vitor Sampaio (Chefe de Gabinete) e Gustavo Pires (Secretário Executivo).

 

Sangramento no fígado e internação na UTI

Internado desde domingo (8) para o quarto de oito ciclos de quimioterapia, Covas reclamou que estava com dor após a sessão desta quarta (11), a última da etapa. Foram feitos exames e ele foi diagnosticado com um pequeno sangramento no fígado, causado pelo procedimento de marcação, que sinaliza fisicamente, no órgão, o local do tumor. O quadro do prefeito é estável.

 

Diagnosticado com um câncer entre o esôfago e o estômago, a equipe do hospital informou no dia 9 que ele não passará por cirurgia. Covas continuará a ser tratado por quimioterapia, em um total de oito sessões.

Maurilio de Almeida

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.