Futebol

Improvisações, má fase… Problemas da defesa do Vasco nesta temporada

Comentaristas

05/02/2013




{arquivo}Em cinco jogos neste Campeonato Carioca, o Vasco sofreu nove gols e é dono da segunda pior defesa da competição, ao lado de Olaria e Duque de Caxias. Os três times estão na frente apenas do Macaé, que sofreu 12 gols. O número assusta os torcedores vascaínos, que estão com o pé atrás em relação ao time. Além disso, acabaram expondo também um início de temporada ruim por parte de Dedé, principal nome do elenco e grande ídolo atual. Mas a culpa não recai apenas sobre os ombros do Mito. Segundo os comentaristas do SporTV, o buraco na defesa vascaína é muito mais embaixo.

Tanto para André Loffredo como para Raphael Rezende, as improvisações que aconteceram nos primeiros jogos e começaram a ser corrigidas no duelo de domingo contra o Bangu acabam sendo o principal fator. O fato de ter escalado dois volantes nas laterais, Abuda na direita e Wendel na esquerda, expõe os zagueiros pelos lados. No meio, mais adaptações atrapalham. A dupla lembrou que Fillipe Soutto, escalado como primeiro volante no início, está acostumado a atuar mais avançado assim como Pedro Ken, meia de origem que vem jogando como segundo homem do meio.

 

– São vários fatores. O Vasco vinha jogando sem dois laterais antes do Nei, que estreou contra o Bangu. O Abuda e o Wendel não estão acostumados a realizar essa função e deixam espaços pelos lados. No meio a mesma coisa. Nem o Fillipe Soutto e nem o Pedro Ken costumam fazer marcação pesada e isso também gera espaços. Você soma esses fatores e acaba entendendo porque o time fica exposto – explicou Loffredo.

Além das improvisações, a fase técnica da dupla de zaga formada por Dedé e André Ribeiro não é das melhores na visão dos comentaristas. Loffredo e Rezende lembraram quem em 2013 Dedé ainda não mostrou seu bom futebol. Além disso, ambos citaram a falta de experiência do companheiro do Mito. Mais incisivo, Raphael Rezende acredita que ele não pode ser titular do Vasco.

– O André Ribeiro não tem bola para ser titular do Vasco. Para completar, a fase do Dedé não é das melhores desde as contusões. Tem sido batido no mano a mano, o que não era comum. Isso junto com as improvisações explica o desastre defensivo que é a temporada até agora – disse Raphael, que ainda citou o fato de o goleiro Alessandro, efetivado como titular neste ano, não passar segurança para o time.

Em 2012, nos cinco primeiro jogos do ano, o Vasco sofreu apenas quatro gols incluindo na lista a estreia do time na Libertadores. Para a próxima partida, o clássico contra o Fluminense no sábado, o técnico Gaúcho pode contar com dois reforços para a defesa: o zagueiro Renato Silva e o lateral-esquerdo Thiago Feltri. Resta saber se a dupla vai conseguir ajudar a melhorar a situação.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.