Futebol

Imperatriz lança enredo sobre Zico, que promete: ‘Vou entrar para ganhar’

vai dar samba

02/04/2013




As homenagens pelos 60 anos de Zico não param. O eterno ídolo rubro-negro virou enredo da Imperatriz Leopoldinense, tradicional escola de samba do grupo especial do carnaval carioca. O lançamento do enredo "Arthur X – O reino do Galinho de Ouro na corte da Imperatriz" foi realizado nesta manhã no Centro de Futebol Zico, clube do ex-jogador sediado na Zona Oeste.

Torcedor da Beija-Flor, onde costuma desfilar quase todo ano, Zico se disse honrado em receber a confirmação de que vai ser homenageado no carnaval de 2014.

– É mais um dia de muita emoção para mim. Essa homenagem que estão me prestando é motivo de muito orgulho. Agradeço à Imperatriz, uma grande escola do carnaval carioca. Recebi convite para ser enredo da Unidos de Cabuçu há mais de 20 anos, mas não quis, porque achava que não tinha uma história para contar. Achei que não tinha sentido contar a história simplesmente porque era um jogador do Flamengo. Hoje não, tenho uma história de vida. Vou entrar para ganhar como em tudo na vida – disse Zico, que vem participando de várias reuniões com o carnavalesco e vai marcar presença em outro lançamento na quadra da escola, no dia 28.

Zico será enredo da Imperatriz Leopoldinense no carnaval 2014 (Foto: Divulgação/Imperatriz Leopoldinense)
O presidente da escola, Luizinho Drumond, flamenguista, disse que a ideia surgiu quando, primeiramente, foi discutida a possibilidade na liga das escolas de samba de em ano da Copa todas escolas falarem de futebol. Como a proposta não andou, ele decidiu homenagear Zico.

– Sou carioca, apaixonado por futebol e o Flamengo é massa, não só no Rio e no Brasil, mas no mundo todo.

Obviamente que falar de Zico e não falar no Flamengo é impossível. Como se o enredo fosse Flamengo, seria impossível não falar em Zico.

O diretor da escola Wagner Araújo disse que a procura por fantasias já começou, embora ainda nem estejam à venda. E fez questão de marcar uma diferença entre o enredo falar do personagem Zico e do ex-jogador e ídolo do Flamengo.

– Vamos falar da infância, da juventude, da luta, das dificuldades, da grandeza do personagem. É importante dizer que o enredo não é o Flamengo, mas é claro que vai passar pelo Flamengo – disse o diretor da escola.

O carnavalesco Cae Rodrigues disse que "quem espera ver só chuteira, meião e camiseta, vai se surpreender".

– Não vamos homenagear o Flamengo ou o futebol, mas o que ele representa para o país, para a sociedade. Estou mergulhado há três semanas no universo Zico e pude presenciar momentos especiais. Conversei com dona Sandra (esposa) e constatei que é muito bonito ver a história de uma família, que passou de geração a geração predestinada para o futebol – disse o carnavalesco da Imperatriz.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.