Saúde

Hospital usa polvo de crochê no tratamento de bebês prematuros na Paraíba


17/11/2023

Portal WSCOM



O Hospital Regional de Queimadas, que integra a rede hospitalar do Governo da Paraíba, está adotando um projeto que irá contribuir para a recuperação dos recém-nascidos prematuros internados na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal (Ucin). A iniciativa consiste no uso de polvos de crochê confeccionados por voluntários, que, além de proporcionar mais conforto aos pequenos, auxiliam no desenvolvimento durante sua permanência na instituição, enquanto não estão em condições de ganhar alta.

A terapia é uma ferramenta de estimulação sensorial, tátil e visual, que contribui para o desenvolvimento neurocognitivo dos recém-nascidos. De acordo com a enfermeira Georlanda Queiroz, responsável pela Ucin, os polvos de crochê fazem companhia para os bebês prematuros nas incubadoras, onde os tentáculos remetem ao útero materno, se assemelhando ao cordão umbilical. “Os polvinhos de crochê têm a função de acalmar os bebês, ajudando a normalizar a respiração e os batimentos cardíacos. Ele remete à memória do bebê do útero, pois lembra o cordão umbilical onde o bebê fica brincando com ele dentro do útero materno”, explica.

A coordenadora de enfermagem do hospital, Janiele Morais, reforça os benefícios do uso do polvo de crochê pelos bebês pré-maturos. “Com o bichinho, é possível diminuir o estresse do bebê, melhorando a imunidade e garantido o ganho de peso”, enfatiza.

Após a alta, o recém-nascido leva para casa o polvo de crochê para continuar o estímulo tátil e sensorial.

Sobre a Ucin – A Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (Ucin) possui cinco leitos de internação para bebês recém-nascidos. O serviço neonatal do Hospital Regional de Queimadas conta com uma equipe multiprofissional, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, que se revezam 24 horas por dia, para cuidar dos prematuros.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //