menu

Policial

17/07/2019


Homem é preso suspeito de tentar esganar companheira na frente da filha em João Pessoa

Imagem ilustrativa/Foto: (arquivo)

Um homem foi preso pela Polícia Civil no início da tarde desta quarta-feira (17), após ele tentar esganar a companheira na presença da filha do casal, de apenas dois meses de vida.

O pedreiro Renneé Gomes Batista foi denunciado pela própria companheira, após sofrer as agressões. Ela relatou sofrer uma rotina de agressões físicas e verbais, sendo que a última sessão de violência ocorreu na manhã desta quarta-feira (17).

Renneé foi preso no local de trabalho por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da zona sul de João Pessoa .

De acordo com a delegada Cláudia Germana Santos, a vitima chegou na delegacia apresentando muitas lesões. “Ela disse que o companheiro dela è muito violento e ciumento . Ele a proibia de manter contatos com amigos e parentes e ficou agressivo com ela porque a vítima foi no posto de saúde sem pedir a autorização dele “, afirmou a delegada.

Em depoimento, a vitima informou que vive com o suspeito há um ano e tem uma filha com ele de apenas dois meses de vida. A mulher destacou que foi agredida com socos no rosto, puxões de cabelo e ainda teve o pescoço apertado. O preso ainda praticou agressões verbais, xingando a companheira com palavras de baixo calão

“Assim que tomamos conhecimento, nossos investigadores saíram em diligências para localizar o agressor. A vítima informou que ele trabalhava em uma obra no bairro de Mangabeira, sem precisar o local exato. Mas nossas equipes fizeram buscas e o localizaram”, declarou a delegada.

Renneé foi autuado em flagrante delito por crimes de lesão corporal, injúria, com base na Lei Maria da Penha e Código Penal Brasileiro .

Portal WSCOM