Policial

Homem é preso após ser acusado de oferecer drogas e manter relações sexuais com menina de 11 anos, na Paraíba


18/04/2024

Imagem meramente ilustrativa

Portal WSCOM



Um homem investigado por ter cometido crime de estupro de vulnerável foi preso pela Polícia Civil da Paraíba, nesta quinta-feira (18) no município de Barra de Santa Rosa. Ele tem 29 anos de idade e passou a conviver com uma menina de apenas 11 anos, após os dois conversarem pelas redes sociais.

As investigações tiveram início no dia 28 de março deste ano, quando a avó da menina foi até a Delegacia do município denunciar o suspeito. De acordo com a denunciante, após ser aliciada pelo investigado, a sua neta passou a sair de casa, à noite, para dormir na residência do denunciado. A menina foi repreendida pela avó e, depois disso, decidiu ir morar com o investigado.

A Polícia Civil descobriu ainda que o aliciador é usuário de drogas e, além de manter relações sexuais com a criança, ainda oferecia maconha, cocaína e crack à vítima. Ele faria parte de uma facção criminosa, conforme apontam os levantamentos policiais.

“Só que os próprios criminosos da cidade mandaram essa menina voltar para a casa da sua avó, pois aquela relação conjugal poderia atrair a atenção da polícia. E foi o que aconteceu. No dia 15 de abril, ela acabou fugindo da casa desse acusado e voltou à sua antiga moradia”, disse o delegado Decio Souza, que está à frente das investigações.

Com base nas investigações, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do investigado, pedido acatado pela justiça. De posse do mandado de prisão, os policiais prenderam o suspeito, que está recolhido na carceragem da 13ª Delegacia Seccional (sede em Picuí), aguardando audiência de custódia.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.