Política

Hervázio defende o adiamento das eleições municipais de 2020 em face do Coronavírus

24/03/2020


Por Redação / Portal WSCOM

O deputado estadual licenciado Hervázio Bezerra (PSB) saiu em defesa, nesta terça-feira (24), de um provável adiamento das eleições de 2020. O parlamentar justificou sua decisão em função da pandemia mundial causada pelo coronavírus, que em função de sua gravidade e extensão tem obrigado governantes do mundo inteiro adotarem medidas extremas e radicais jamais imaginadas.

“Óbvio que o Brasil não está fora desse contexto, o governo Federal, governos estaduais e municipais por necessidade, têm adotado medidas duras, impactantes e que lógico trarão consequências previsíveis e imprevisíveis, pois não há quem saiba por quanto tempo perdurarão as decisões adotadas para minimizar o contágio comunitário e consequente proliferação do vírus. Estamos a sete meses das eleições, a justiça eleitoral já enfrenta dificuldades em cumprir o calendário eleitoral, o país fazendo contas de centavos para adquirir aparelhos, insumos, medicamentos, montar estruturas hospitalares jamais imaginadas ou previstas, e ou orçamentadas”, disse.

“Sem sabermos ou prevermos até quando estaremos mergulhados nessa nuvem de incertezas teremos clima para enfrentarmos eleições em todo o país? Seria justo num momento como este em que nossa economia também contaminada e combalida por este terrível e mortal vírus, suportará o financiamento público dessas campanhas? Dimensiono exatamente a repercussão que esta minha posição pública pode ter, inclusive por amigos e correligionários e exemplifico de forma simplista e sincera apenas dentro de meu diminuto universo político posso imaginar que poderei agradar por exemplo, princesa Isabel, Manaíra, Cuitegi ou Belém, mas o que dizer de João Pessoa, Bananeiras, mulungu, Alagoinha, Jacaraú, Pedro Regis, Itaporanga, isto só para citar alguns. De uma coisa tenho certeza, não teremos a unanimidade da classe política, mas é uma discussão que jamais poderemos ou devemos postergar ou adiar. Como diria o filósofo ‘pelo sim pelo não, está é a minha opinião'”, completou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.