Futebol

Grêmio paga R$ 3 milhões para rescindir com Tardelli, mas projeta economia de mais de R$ 20 milhões

16/01/2020


ESPN.com.br

O acerto do Grêmio com Diego Tardelli para a rescisão contratual do atacante custará R$ 3 milhões aos cofres do clube. Apesar disso, a equipe projeta economia de mais de R$ 20 milhões. As informações são de Jorge Nicola, comentarista dos canais ESPN, em seu blog no “Yahoo”.

A conta tem a ver com o contrato de Tardelli, que ia até dezembro de 2021 e deveria render cerca de R$ 26 milhões ao jogador, entre salários direitos de imagem e luvas. Como pagou R$ 3 milhões pela rescisão, o alívio para os cofres tricolores será de R$ 23 milhões.

Além disso, na folha mensal do futebol do clube, Tardelli representa uma economia de R$ 1 milhões. A tendência é de que esse dinheiro seja usado para a contratação de até três novos reforços.

Tardelli foi a principal contratação gremista da última temporada, mas não conseguiu corresponder à expectativa. Até por isso a notícia foi bem recebida por torcedores (veja reações abaixo).

Tardelli foi um pedido público de Renato Gaúcho ao presidente Romildo Bolzan, mas o próprio treinador chegou, durante o último ano, a criticar o atleta. Dirigentes também chegaram a manifestar descontentamento com o rendimento do atacante.

No Campeonato Brasileiro de 2019, Tardelli fez 29 partidas, com apenas quatro gols. No total, foram 47 jogos, com sete bolas na rede.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.