Saúde

Gravidade da COVID: Einstein e Sírio Libanês vivem fila de espera de pacientes com UTIs superlotadas


28/02/2021

Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. (Foto: Reprodução)

Por Walter Santos



O Secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, revelou neste domingo (28) ter recebido informações de São Paulo, segundo as quais 18 pacientes estão na fila de espera do Hospital Israelita Alberto Einstein e do Hospital Sírio Libanês, da mesma forma que 22 outros pacientes vivem o mesmo drama com superlotação das UTIs desses hospitais.

Segundo ele, o Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (HSPE) está com lotação máxima e A Beneficência Portuguesa (BPSP) registra lotação próxima dos 100%.

Geraldo Medeiros informou ainda que hospitais de João Pessoa receberam, neste sábado (27), duas solicitações de vagas do Ceará, para pai de uma colega médica do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC), e outra para familiar de Heloísa, enfermeira do Hospital de Trauma. Detalhe: no Ceará inexistem vagas de UTI.

Maurilio de Almeida

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você