menu

Política

25/06/2013


Governo não sabe o que fazer, diz Aécio

Diante de um recuo do governo sobre o anúncio de um processo constituinte específico para a reforma política, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), criticou o Palácio do Planalto e afirmou que o Executivo "não sabe mais o que fazer".

Para o tucano, faltou generosidade do governo em ouvir diferentes segmentos da sociedade sobre o assunto, alvo de crítica entre juristas e congressistas.

"O que mostra, na verdade, ao final, um governo nas cordas, que não sabe mais o que fazer. É lamentável para o Brasil", afirmou nesta terça-feira (25) após reunião de líderes com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Aécio defendeu o envio de uma proposta de emenda constitucional para o Congresso, como forma de debater a reforma política no país.

"Uma reforma que possa ser discutida pelo Congresso e, se aprovada, submetida a um referendo da população brasileira. Temos uma discordância em relação ao procedimento, mas uma concordância absoluta em relação à necessidade de fazermos uma reforma política", completou.