Política

João critica oposicionistas por ‘se aproveitarem’ politicamente de discussão salarial com as forças de segurança: “Para eles, chá de maracugina”


10/01/2022

João Azevêdo durante discurso no Teatro Paulo Pontes (Foto: Portal WSCOM)

Da Redação / Portal WSCOM

O governador João Azevêdo apontou a expectativa de finalizar as negociações salariais com as forças de segurança pública da Paraíba ainda nesta semana. Ele comentou sobre o tema durante solenidade no Teatro Paulo Pontes, na manhã desta segunda-feira (10), e condenou o uso do tema por algumas pessoas interessadas em se promover politicamente em ano de eleição.

“Talvez o maior da segurança, que é a chamada bolsa desempenho e foi criada no último governo hoje se coloca na condição de que o Estado não resolve o problema da bolsa porque não quer. A diferença é que o Estado fez uma proposta para todas as forças de seguranças dizendo ‘nós vamos resolver definitivamente e dar dignidade para aquele servidor que passou 30 anos colocando sua vida em risco na rua para proteger a sociedade’ e vamos resolver de uma forma definitiva que é incorporando 100% dessa bolsa dentro do salário, que é para quando ele for para reserva ele levar tudo. É assim que se mostra respeito por categorias e nós fizemos isso estamos conversando as categorias”, disse João.

Ainda durante o discurso, Azevêdo receitou ‘chá de maracugina’ aos opositores que, segundo ele, se aproveitam do momento de negociação para propagar ‘fake news’.

“Enquanto isso você tem um grupo de pessoas que estão tentando se aproveitar disso e é importante que todos nós tenhamos essa leitura de forma muito clara, separar o que é verdade do que a mentira. Separar aquilo que está sendo colocado como fake news, que nesse momento é uma coisa terrível para esse país para esse Estado mas que infelizmente acontece. Para eles, chá de maracugina”, declarou.

Durante contato com a imprensa, João Azevêdo falou sobre a expectativa de resolver o impasse nos próximos dias. Confira:

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.