Política

Geraldo Medeiros não deve sair da Secretaria de Saúde para disputar eleições e mantém foco contra a Covid-19, diz Nonato Bandeira

Ele confirmou ainda os nome que deixarão o governo para disputar o pleito deste ano

03/06/2020


Foto: WSCOM

Da Redação / Portal WSCOM



O secretário de Comunicação da Paraíba, Nonato Bandeira, confirmou nesta quarta-feira (3) os nomes dos secretários que irão deixar o Governo do Estado para disputar as eleições deste ano.

Nonato revelou ainda que o secretário Geraldo Medeiros não manifestou desejo de saída e por isso deve continuar à frente da Secretaria de Saúde em meio à pandemia do novo Coronavírus.

“Eles tomaram uma decisão pessoal, mas não existe nenhuma orientação do Governo ou do Cidadania para que as pessoas lancem candidatura, porque não tem clima nenhum. O governador acatou os pedidos, mas não há estratégia política. O governo não tem cabeça para se preocupar com as eleições. O foco é combater a Covid-19, sem demagogia”, disse.

Devem deixar o Governo Ana Cláudia Vital do Rêgo, secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal do Estado; Denise Albuquerque, secretária Executiva de Desenvolvimento Humano; Aristeu Chaves, coordenador do Procase; Léo Cabral, diretor do Hospital Distrital de Aguiar; Beto Brasil, presidente da Lotep e Kévia Werton, diretora do Hospital Regional de Pombal.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.