Cultura

Fórum Forró de Raiz 2020 acontece de forma online

04/08/2020


Portal WSCOM

Devido à pandemia do Covid-19, o formato do Fórum Forró de Raiz passou a ser online e acontecerá em dois dias por cidade-sede, com 12 h de programação, tendo início às 14h, via plataforma digital, com sala virtual com capacidade para 100 pessoas interagindo. As inscrições podem ser realizadas na plataforma www.sympla.com.br.

Este ano as edições serão realizadas no Rio Grande do Norte, no Ceará, no Piauí, no Maranhão e na Bahia. A transmissão será ao vivo, pelo YouTube, quando serão realizadas discussões.  Haverá, ainda, a integração das comunidades forrozeiras, com o objetivo de debater sobre as condições de preservação das matrizes do Forró, e de propor políticas  para a promoção, valorização e fomento do ritmo nordestino.

A realização do Fórum também contribui para o reconhecimento dos forrozeiros e identificação de grupos, organizações, lugares, datas festivas e referências culturais locais e ações, a exemplo do “Paraíba Puxa o Fole”, movimento nacional nascido em 2011, no estado da Paraíba. O conjunto de ações e mobilizações já atingiu dez estados. O próximo será a Bahia com um Fórum estadual e 4 municipais.

De acordo com a presidente do Balaio Nordeste, Joana Alves, a produção do evento online, este ano, tem o objetivo de fortalecer o movimento para o processo de registro, em andamento desde 2011. “Não podemos parar as atividades, temos probabilidade de bons resultados”, revelou.

Joana Aves ainda frisou que as atividades não podem parar e que estão trabalhando online desde março. “Realizamos o São João na Rede e tivemos um excelente resultado. Para estes fóruns contamos com 100 lugares em cada sala, para participantes e convidados, onde serão feitas as diversas entrevistas com mestres e detentores de conhecimento”, destacou.

O Fórum de Forró de Raiz recebe o apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), dos governadores, prefeitos e vereadores de cada estado. Para estas edições foi recebida a Emenda Parlamentar nº 13390003, do Deputado Federal pela Bahia, Daniel Almeida.

Sobre o Fórum de Forró de Raiz

O Fórum nasceu em João Pessoa, Capital da Paraíba, no ano de 2011, com o intuito de proteger, preservar e fomentar o forró e os seus elementos constituintes tradicionais: os ritmos, as danças, os instrumentos, a formação dos grupos musicais. Foi idealizado por cantores, compositores, dançarinos, grupos culturais, pesquisadores, artistas da cultura popular e admiradores do forró e com o apoio da Associação Cultural Balaio Nordeste,  que debatiam as condições de produção, circulação e preservação dos ritmos, das danças e das festas que dão forma e sentido a essa expressão cultural identitária da cultura nordestina.

Sobre a Associação Cultural Balaio Nordeste

A Associação, que tem como presidente e fundadora a gestora cultural Joana Alves, contribui, por meio da promoção e organização de eventos culturais, de educação e de lazer e entretenimento para a valorização, a divulgação, a preservação da cultura popular e o incremento do turismo local, com base nos princípios do desenvolvimento sustentável. Também promove e estimula a produção artística brasileira, especificamente,  a nordestina, recorrendo à valorização dos recursos humanos e conteúdos locais. A entidade não tem fins lucrativos; promove, ainda,  cursos e atividades nas áreas de formação profissional, cultural, educacional e social para associados e público em geral.

Programação

1º dia: Abertura
Roteiro
– Abertura Oficial (Com convidados especiais e autoridades locais)
– Apresentação do clip Bandeira do Forró
– Roda de conversa 1
Tema: Aspectos Conceituais das Matrizes Tradicionais do Forró
(Costumes relacionados aos saberes e fazeres tradicionais locais).
Mediador: Henrique Sampaio
-Apresentação do videoclipe e da próxima mesa
– Vídeo clip/ Mestre/ Território
-Roda de Conversa 2
Tema: Territórios e Comunidades (Locais onde o Forró acontece, identificação de comunidades forrozeiras: grupos e famílias – aspectos geográficos que se destacam nas ações do Forró tradicional).
Mediador: Henrique Sampaio
-Exibição de documentário de cultura Popular
-Exibição de videoclipes ou lives de artistas locais
Local: Sala de Conferência
Horário: 14h às 20h

2º dia: Abertura
Roteiro
– Hino do Forró tradicional
– Fala do vice coordenador nacional
– Fala da Coordenação Local
-Mesa redonda com temas sugeridos
– Mediador: (sugerido)
Sugestões
1) Formas de divulgação da produção artística
2) O forró como conteúdo pedagógico
3) As festas juninas e o mercado de shows artísticos
-Apresentação do videoclipe de ação
– Vídeo clip/ Mestre/ Território
-Roda de conversa 3
Tema: Sustentabilidade (propostas de políticas públicas locais para fomento e promoção do forró, acompanhamento das contratações
dos artistas, etc.)
Mediador 4: (sugerido)
-Exibição de videoclipes ou lives de artistas locais
Local: Sala de Conferência
Horário: 14h às 20h

Cronograma

Dias: (22) e (23) de agosto
Local: Cruz das Almas, Bahia
Horário: a partir das 09h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (05) e (06) de setembro
Local: Salvador, Bahia
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (18) e (19) de setembro
Local: Natal, Rio Grande do Norte
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (02) e (03) de outubro
Local: Fortaleza, Ceará
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (16) e (17) de outubro
Local: Teresina, Piauí
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (30) e (31) de outubro
Local: São Luís, Maranhão
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (04) e (05) de dezembro
Local: Mucugê, Bahia
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (18) e (19) de dezembro
Local: Feira de Santana, Bahia
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br

Dias: (08) e (09) de janeiro de 2021
Local: Lauro de Freitas, Bahia
Horário: a partir das 14h
Plataforma: www.simpla.com.br



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.