Política

FHC diz não ver “organização de corrupção” no governo Bolsonaro

27/08/2020


Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso concede entrevista em São Paulo 4/5/2017 REUTERS/Nacho Doce

Brasil 247

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse não ver a configuração de “organização criminosa” na configuração do atual governo, de Jair Bolsonaro. As declarações foram feitas em entrevista ao jornalista Guilherme Amado, colunista da Revista Época.

“No governo atual, não vejo uma organização de corrupção. Não vejo. Filho é prato preferido da imprensa. Tem que ir devagar com isso”, afirmou FHC.

O tucano disse ver como “muito ruim” e “negativo” o episódio em que Bolsonaro atacou jornalistas. “Um presidente deve pensar antes de falar”, acrescentou.

“Quando ele era deputado, ele queria me fuzilar, não sei por quê. Também não levei a sério, mas agora ele é presidente”, disse ainda. Para ele, “é função do repórter ser impertinente”.

Ao comentar as eleições, FHC avaliou que “é preciso juntar forças, senão, ele [Bolsonaro] ganha”.

E afirmou que não se sente “compelido a apoiar alguém do PSDB nas circunstâncias atuais”. “Me sinto compelido a apoiar alguém que seja democrata e tenha condição de ganhar do Bolsonaro”, completou.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.