menu

Música

28/11/2013


Festival traz música clássica a JP

Internacional

 Entre os dias 1º e 7 de dezembro a cidade de João Pessoa irá reunir figuras consagradas e expoentes da música erudita durante o 1º Festival internacional de Música Clássica. De acordo com diretor-executivo da Funjope, Maurício Burity, o objetivo do evento é formar público para o estilo musical, além de resgatar a tradição da música erudita na cidade. “Já estamos estudando outros festivais para fomentar o interesse, já que a Paraíba é um celeiro de músicos que atualmente estão espalhados por orquestras em todo o mundo”, explicou.

O I Festival Internacional de Música Clássica acontecerá em vários pontos da cidade, mas grande parte dos concertos será no interior de igrejas históricas. “É muita sorte poder contar com esses espaços. Mesmo que a cidade tivesse 20 salas de concerto, esses espaços seriam escolhidos pela acústica e pela estética. A cidade está de parabéns”, explica o maestro Laércio Diniz, da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, que fará o concerto de abertura.
A pianista alemã, Anna Federova, concorda que a atmosfera das igrejas históricas confere uma experiência diferente e rica para quem assistir aos concertos. A Holanda, a Bélgica ,os Estados Unidos, a Austrália, a Rússia, a Argentina e a Alemanha estarão representadas por seus músicos no festival. “Para a cidade, este evento representa um ganho inestimável em termos de engrandecimento cultural e transmissão do conhecimento artístico”, reconhece Burity.

Oficinas – Uma das preocupações que nortearam a concepção do festival foi a desconstrução da ideia de que música clássica serve apenas ao gosto da elite. Para tanto, os músicos vão apresentar, com a ajuda de tradutores, a educação artística em oficinas (as masterclasses) e estimular o “ouvido musical” do público participante – mesmo aquele que nunca tenha tido contato mais íntimo com o instrumento. As aulas serão realizadas no Departamento de Músicae na Sala Radegundis Feitosa, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB).