Celebridades

Famosos protestam contra morte de negro em supermercado

21/11/2020


Preta Gil, Emicida e Erika Januza protestaram nas redes sociais



A morte brutal de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, por seguranças do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, fez com que famosos protestassem nas redes sociais.

O crime, que aconteceu na véspera do Dia da Consciência Negra, data celebrada nesta sexta-feira (20), chocou artistas como Preta Gil, Emicida, Erika Januza, Cláudia Abreu, Luis Lobianco.

“Eu até tinha preparado um feed todo lindo em celebração ao Dia da Consciência Negra, mas o racismo é tão perverso que não nos dá descanso nunca. João Alberto Silveira Freitas foi assassinado covardemente ontem à noite em um supermercado em Porto Alegre. Temos que cobrar Justiça, sem Justiça não há paz”, escreveu Preta Gil no Instagram.

“Como acordar num país e falar da Consciência Negra sabendo que mais um negro foi espancado até a morte em um supermercado? Assassinos”, publicou Cláudia Abreu, ao respostar uma mensagem de Luis Lobianco.

Erika Januza também mostrou indignação: “João, Floyd, João Pedro, Mariele, tantos se foram brutalmente pela inconsequência, pela maldade, pela irresponsabilidade, pelo preconceito, pelo racismo. Por leis que não funcionam e deixam agressores impunes. Dia da Consciência e mais uma vez não podemos celebrar plenamente. E ainda há quem diga que é mi-mi-mi. Estamos cansados dessas noticias. Cansados desse desrespeito, dessa violência, dessa impunidade. E agora?.Quem se reposnsabiliza? Atitudes cabíveis? Queremos respeito cabível. Vidas negras importam não pode ser uma frase de efeito para criar imagens. Deve ser uma verdade praticada. Justiça por João e por tantas vidas negras perdidas”.

Veja as publicações:

https://twitter.com/emicida/status/1329844818059669506/photo/1


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.