Celebridades

Ex-empregada de Tom Veiga revela desespero do famoso com ex-esposa e faz acusações


07/04/2021

Cybelle Hermínio Costa, ex-esposa de Tom Veiga, está no centro de polêmica (Imagem: Reprodução / Instagram)

RD1



Novos capítulos sobre a morte de Tom Veiga (1973-2020) estão vindo à tona. A novidade da vez vem de um depoimento feito pela empregada doméstica do ator que interpretava o Louro José no Mais Você. Ela revelou detalhes sobre o relacionamento conturbado dele com a sua última esposa, Cybelle Hermínio Costa.

O colunista Léo Dias, do site Metrópoles, contou que, em relato, a funcionária detalhou agressões físicas e verbais e também sobre o medo que Tom Veiga tinha de morrer.

Josenilde de Cássia Santos Silva, que trabalhou na casa do famoso por um ano e meio, disse em depoimento registrado no 15º Serviço Notarial da Barra da Tijuca, no dia 4 de dezembro de 2020, que tinha relação de muito carinho e admiração com o patrão.

Segundo ela, Tom a via como uma pessoa “de grande confiança, inclusive confidenciando assuntos de sua vida pessoal”. No depoimento, feito 33 dias após ele ser achado morto em apartamento, ela declarou que Cybelle era uma pessoa “muito ciumenta” e que essa característica era um motivo para brigas constantes dentro da residência do casal.

Ainda de acordo com a publicação, Josenilde apontou uma situação de desentendimento que teria presenciado em 4 de setembro de 2020. A funcionária salientou que o intérprete do Louro José lhe contou sobre uma “surra” que teria levado de Cybelle naquele dia.

No depoimento, ela disse que o patrão detalhou que Cybelle o agrediu fisicamente e partiu para cima dele com uma garrafa de vinho quebrada, momento em que ele teve medo de morrer e decidiu fugir de casa.

“Ao retornar para trabalhar na terça-feira, dia 8 de setembro de 2020, [a funcionário] não encontrou o carro de seu patrão na porta de casa e estranhou. Ingressou na casa e encontrou Cybelle. Ao indagar Cybelle, perguntando sobre seu patrão como de costume, Cybelle disse: ‘Só esperei você sair. Dei muito nele. Dei até ele não aguentar mais“, contou ela.

A ex-empregada do famoso também destacou que ficou assustada com a fala de Cybelle e preocupada com o artista. Logo depois, teve contato com Tom, que teria lhe revelado a “surra” que levou da então esposa.

Josenilde relatou que, depois do episódio sombrio, via o patrão inseguro e, frequentemente, Veiga a pedia para que dormisse na casa porque tinha receio de ficar sozinho.

A funcionária completou afirmando que o intérprete do Louro José passou a viver à base de calmantes e “sempre dizia que estava com maus pressentimentos”.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você