menu

Paraíba

11/04/2013


Esposa de PM baleado reclama de descaso

Absurdo

 A esposa de um soldado da Polícia Militar, que está em coma devido a um tiro na cabeça, fez um desabafo na tarde desta quinta-feira (11) através de uma página do Facebook. A mulher, identificada apenas como Ana Paula, colocou uma foto do marido doente e reclamou da falta de apoio, inclusive financeiro, por parte do Estado para cuidar dele que há três anos vive em estado vegetativo.

Segundo Ana Paula, o marido serviu a PM por 18 anos e agora ela e os filhos precisam sobreviver com uma pensão de R$ 1,2 mil. Ela conta que como o marido precisa de acompanhamento constante ela não pode trabalhar fora e com esse valor, não consegue contratar alguém para cuidar dele. “Preciso de ajuda, estou enlouquecendo. Cadê os Direitos Humanos, cadê?

Ana Paula se diz indignada com a falta de apoio para ela e sua família. “Eu e meus filhos não temos mais vida estamos numa prisão domiciliar e somos inocentes”, desabafa.