Saúde

Especialista destaca principais mudanças no atendimento hospitalar e na vida dos pacientes pós-covid

Petrúcio Sarmento explica novos protocolos para o retorno das atividades habituais; tema será abordado no "Simpósio Unimed João Pessoa - O Enfrentamento da Covid-19: do Desafio às Conquistas" no próximo sábado (1)

29/07/2020


Portal WSCOM



O mundo pós-covid precisará adaptar seus protocolos de acolhimento e segurança hospitalar. O aprendizado adquirido nas situações de emergência, como a epidemia de covid-19, exigiu mudanças, especialmente no atendimento nas unidades de saúde. Na prática, aos poucos, as cirurgias eletivas estão retornando e é preciso estar atento aos novos protocolos que devem ser adotados.

O médico cirurgião Petrucio Sarmento, coordenador estratégico de Enfrentamento à Covid-19 da Unimed João Pessoa, explica que desde o início da pandemia, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley, unidade própria da Cooperativa, se preparou dividindo os fluxos de atendimento para pacientes não covid e outro para os casos suspeitos ou confirmados.

“Os protocolos vão continuar para trazer mais segurança aos pacientes eletivos. Quem teve covid-19 deve apresentar uma documentação com o resultado do exame que comprova que a contaminação aconteceu há mais de 30 dias e está apto a ser operado normalmente. Para os assintomáticos,  será feita a coleta até 72 horas antes do procedimento. Em casos positivos, a cirurgia é reagendada. E para os casos negativos, o processo dá sequência normalmente”, explica.

Para quem foi acometido de forma mais grave, também são necessárias adaptações. De acordo com o cirurgião, uma parcela considerável de pacientes desenvolve fibrose pulmonar, causada pelo tempo em UTI, além disso o paciente pode apresentar fraqueza muscular, déficit cognitivo, alterações psicológicas ou globais na parte cardíaca, hepática ou neurológica. “Em casos de comprometimento pulmonar onde houve fibrose, a área não funciona mais, é irreversível. Mas apesar disso, muitas das sequelas são temporárias, como por exemplo, há a perda da sensação de olfato e paladar, do ponto de vista neurológico”, pontua  o especialista.

Inscrições – As inscrições para participar do Simpósio Unimed João Pessoa são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 31 de julho, exclusivamente, na página do evento (www.even3.com.br/simposiounimedjp), onde também pode ser consultada a programação completa. As vagas são abertas para médicos, residentes, estudantes de medicina e demais profissionais de saúde.

Durante o evento, os internautas poderão conferir os bons resultados obtidos e as técnicas pioneiras no combate à covid-19 utilizadas pela Unimed JP em seus clientes. A programação abordará as estratégias que deram certo no enfrentamento à covid, fatores de risco, manejo do paciente e o que esperar do mundo pós-covid. Os interessados podem conferir mais informações no Instagram @simposiocovidjoaopessoa.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.