Paraíba

Escolas municipais usam livro no trabalho de prevenção às drogas

Drogas

06/03/2013


 Com o início do ano letivo das escolas municipais, começa o trabalho de prevenção às drogas, e para ajudar no trabalho de conscientização, os estudantes terão acesso ao livro ‘Na moral – nessa onda eu embarco’. O material foi adquirido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), e será trabalhado em sala de aula, com estudantes do ensino fundamental II. Neste primeiro momento a obra literária vai ser abordada em 69 escolas.

A atividade pedagógica faz parte do ‘Projeto Elos’, executado pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), que promoveu na manhã desta terça-feira (5), uma palestra com a autora do livro, a escritora Lígia Ribeiro Neves. O evento realizado no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, reuniu professores e especialistas, que vão abordar a temática com o alunado.

“Temos a missão de passar o conteúdo aplicado durante o encontro. Aqui foi apenas uma explanação da obra, que tem muita coisa interessante para ser dialogada. Saindo daqui já começo minha leitura para dedicar-me o mais rápido possível aos meus alunos”, disse a professora Ana Lira da Escola Municipal Chico Xavier, no Bessa.

O livro, de fácil compreensão, mistura fatos reais e ficção numa linguagem teen que sacode a garotada para mostrar situações muito sérias. “Na moral trabalha três temas: drogas, DST/Aids e violência doméstica, através deles o leitor terá motivos de sobra para refletir e mergulhar nas intrigantes linhas das 140 páginas do livro, que tem o como alvo despertar no adolescente um novo jeito de viver e curtir a vida”, disse a autora.

A obra será uma ferramenta a mais neste conjunto de ações desenvolvidas na rede por meio do ‘Projeto Elos’. “Estamos animados com a repercussão, já que o livro possibilita um diálogo mais especifico, fazendo com que o adolescente debata com o professor e os colegas de classe, a mensagem da obra, que mostra o mal que a droga provoca na vida de um usuário”, esclareceu Fabiana Uchoa, coordenadora do projeto.

Projeto Elos

A iniciativa da Sedec tem como objetivo fortalecer as práticas e os valores éticos que resgatam a integração do ser e suas relações interpessoais e sociais. Este trabalho aborda as temáticas droga e violência com o objetivo de desenvolver uma cultura de paz, numa perspectiva da educação inclusiva e da redução de danos.

Sinopse – Escrito pela educadora e escritora, Lígia Ribeiro Nezes, o livro é dividido em quatro partes: crônicas, charges, depoimentos e a parte conceitual.

A problemática das drogas é abordada pelo personagem Ronaldinho, focando os riscos a que a galera está exposta, seus trágicos desfechos e o esforço que se deve fazer para se manter longe delas. Em seguida, entra em cena a Brenda tratando as doenças sexualmente transmissíveis e suas terríveis consequências, inclusive a AIDS, a mais temida. Por fim, surge Marina trazendo à tona questões não menos inquietantes e que têm causado tanto medo e pavor: a violência doméstica.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.