Educação

Enem PPL: 19 pessoas privadas de liberdade são selecionadas pelo Sisu na Paraíba


17/04/2021

Sérgio Fonseca, é secretário da Administração Penitenciária da Paraíba

Portal WSCOM

A política educacional do Governo do Estado tem conquistado avanços também entre as pessoas privadas de liberdade. A avaliação é do secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, ao destacar que 19 reeducandos foram selecionados no Sistema de Seleção Unificado (Sisu) para cursos de nível superior em instituições públicas de ensino.

Entre os aprovados, o 1° lugar geral do Curso de Produção Sucroalcooleira; 2° lugar do curso de Pedagogia do Campo; e o 2° lugar no curso de Matemática, todos na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Um reeducando da Penitenciária Raimundo Asfora, em Campina Grande, conquistou o 1°lugar geral do Enem PPL na Paraíba com média de 721,42. Ele foi inscrito para o Curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) estando na lista de espera distante apenas 20 pontos dos demais concorrentes.

Houve aprovações em diversas áreas do conhecimento e, dentre as unidades penais, o destaque foi para a Penitenciária Desembargador Sílvio Porto, em João Pessoa, com 7 aprovações. Já entre as Cadeias Públicas, o destaque foi para a unidade penal localizada no município de Pombal, com duas aprovações, ambas no curso de Letras, sendo conquistado o 3° lugar geral do curso.

“O resultado acaba de ser divulgado e a gente observa que o empenho do governador João Azevêdo em investir na educação em prisões é uma oportunidade para quem quer começar uma nova vida na sociedade após concluir sua pena”, ressaltou o secretário Sérgio Fonseca.

O gerente executivo de Ressocialização, João Sitônio Rosas, avaliou que “o resultado expressivo é o melhor entre todas as edições já realizadas, demonstrando o compromisso do Governo do Estado da Paraíba com a política de reinserção social”.

Preparação

Para preparar os reeducandos para as provas do Enem PPL, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) firmou parceria com a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT) desenvolvendo o projeto ‘Se Liga no Enem PPL – Educando para Liberdade’ em 53 unidades prisionais.

Por meio do projeto, os estudantes privados de liberdade tiveram acesso a um material didático de estudos preparatório para o Enem. Eles receberam apostilas com simulados, e a revisão dos simulados foi feita de forma on-line, realizada pelos professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Graciliano Ramos e pelos professores do Programa Se Liga no Enem, por meio de videoaulas, podcast, TV e rádio.

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.