Educação

Enem 2021: ansiedade pré-prova é normal, mas é importante saber lidar

Foco pode ser severamente prejudicado com a ansiedade; psicóloga explica


16/11/2021

(Foto: Adobestock/Educa Mais Brasil)

Portal WSCOM



O exame mais aguardado pelos vestibulandos, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, terá sua primeira prova aplicada no próximo domingo (21). Mais de três milhões de inscritos farão as provas e é comum o momento deixar muitos estudantes ansiosos e com receio de não conseguirem uma boa pontuação ou não ingressarem no curso e na faculdade que tanto desejam. Essa ansiedade pode ser extremamente prejudicial.

A ansiedade interfere diretamente no desempenho do aluno na prova, como destaca a psicóloga e coordenadora do curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera, Elaine Cristina Coelho de Campos: “É natural se sentir assim ou um pouco nervoso, isso é normal do ser humano em momentos importantes da vida, porém é necessário contornar esse sentimento, pois com a ansiedade instalada no organismo do estudante, seu foco na hora de realizar a avaliação pode ser severamente prejudicado”, avalia.

A profissional indica ainda que em momentos de crises é importante duvidar dos pensamentos que podem surgir por conta da ocasião. “Geralmente quando estamos em crises assim surgem ideias pessimistas e catastróficas, o ideal é não alimentarmos esses pensamentos e sempre duvidar deles. Esse é um dos passos mais importantes para contornar a ansiedade e dessa forma conseguir realizar a avaliação”, aconselha a psicóloga.

Em relação aos estudos de preparação do Enem, a psicóloga recomenda separar um período para o descanso da mente, respeitando o período estipulado para os estudos sem sobrecarregar a mente, passo fundamental para controle da ansiedade.

“Estipular períodos de estudo é respeitar a sua saúde mental e isso é fundamental para evitar crises de ansiedade e, assim, conseguir manter a calma em momentos de pressão como a hora de executar uma prova tão importante como o Enem ou um vestibular”, comenta.

Para auxiliar os estudantes a aliviar a tensão e ansiedade a professora elencou alguns pontos:

– prepare-se bem para a prova: é fundamental uma preparação antecipada, estudar em um longo período, pois quanto mais bem preparado você estiver, menos ansioso se sentirá;

– pratique exercícios físicos: o exercício é fundamental para aliviar a tensão e a mente, opte por praticar suas atividades após o período de estudo;

– descanse bem antes da avaliação: tenha uma boa noite de sono na noite anterior à prova. Dormir bem é o remédio para combater a ansiedade. Quando dormimos melhor a quantidade indicada por especialistas, acordamos com a mente e corpo descansados e prontos para os próximos desafios.

– antecipe sua chegada ao local da prova: não deixe para chegar nos minutos finais, antecipe em até uma hora a sua chegada ao local de prova, isso ajudará a reduzir a ansiedade;

– faça exercícios de respiração: sente em posição ereta no chão ou em uma cadeira, puxe o ar pelo nariz, de forma lenta e profunda. Na hora de soltar, faça um biquinho com a boca, pois isso diminui o atrito do dente e da língua para a saída do ar e faz com que a respiração seja mais harmônica. Isso auxilia na normalização dos batimentos cardíacos e redução da ansiedade.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.