Policial

Empresário é preso no interior da Paraíba sob acusação de aplicar golpe financeiro com investimentos em hortaliças


07/02/2024

Da Redação / Portal WSCOM



Um empresário foi preso na manhã desta quarta-feira (7) na zona rural de Lagoa Seca, região metropolitana de Campina Grande, por suspeita de estelionato qualificado e formação de quadrilha em um esquema de investimentos em cultivo de hortaliças hidropônicas. Jucélio Pereira de Lacerda prometia retornos de 7% para Tomate Tipo 1 durante 12 meses e 10% para Tomate Tipo 2 durante 24 meses. 

Segundo as investigações, o suspeito por ter causado um prejuízo de R$ 120 milhões a um grupo de investidores nos últimos dois anos. O empresário foi preso por um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça paraibana e de acordo com o delegado Elias Rodrigues ele está preso em Lagoa Seca enquanto as investigações sobre a suposta fraude prosseguem.  

O delegado explicou que o suspeito possui uma fazenda de cultivo de hortaliças hidropônicas, vegetais plantados diretamente em um sistema de irrigação rica em nutrientes e independente de solo. O argumento do empresário para atrair os investidores era a de que a manutenção do plantio é cara, mas oferecia lucro com rendimentos acima do mercado.  

Quando chegava a época do investidor começar a receber seus retornos financeiros, os pagamentos não eram efetuados. Um dos denunciantes alegou à Justiça que investiu e realizou o pagamento de mais de R$ 180 mil em outubro de 2023, mas desde o dia 15 de novembro não vem recebendo seus pagamentos. 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
// //