Paraíba

Em solenidade de posse, Leonardo Quintans Coutinho assume a presidência da APMP

A chapa “Diálogo e União”, encabeçada pelo promotor de Justiça Leonardo Quintans Coutinho, que assume a presidência no lugar do também promotor de Justiça Márcio Gondim do Nascimento.

15/01/2021


(Foto: Divulgação/ Ascom APMP)

Portal WSCOM

No inicio da tarde dessa quinta-feira (14), aconteceu a posse da diretoria e do Conselho Fiscal da Associação Paraibana do Ministério Público (APMP) para o biênio 2021/2023. A chapa “Diálogo e União”, encabeçada pelo promotor de Justiça Leonardo Quintans Coutinho, que assume a presidência no lugar do também promotor de Justiça Márcio Gondim do Nascimento.

Estiveram presentes na solenidade, promotores e procuradores de Justiça. Para a cerimônia, a mesa foi composta pelo ex-presidente, Márcio Gondim; o procurador-geral de Justiça e presidente de honra da APMP, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho; o 1° vice-presidente da Conamp, Tarcísio José Sousa Bonfim; o secretário-geral da Conamp e presidente da Associação Sul-Matogrossense do Ministério Público, Romão Ávila Milhan Júnior; o diretor da Conamp da Região Sudeste e presidente da Associação Espírito Santense do Ministério Público, Pedro Ivo de Sousa; o representante do Conselho Nacional Do Ministério Público (CNMP), o conselheiro Osvaldo D’albuquerque Lima Neto; a 1ª vice-presidente da APMP – Soraya Soares da Nóbrega; e o novo presidente, Leonardo Quintans Coutinho.

Em seu discurso de posse, o novo presidente expressou a sua alegria, honra e gratidão em representar os membros do Ministério Público da Paraíba. “Ser Ministério Público é ter a possibilidade de, munido de poderes do Estado, lutar por uma sociedade mais justa. Sempre digo que o maior gesto cristão e de amor ao próximo que um membro do Ministério Público pode fazer, é exercer com afinco suas atribuições. Não precisamos ir longe para ajudar o semelhante, por isso, sou apaixonado pela instituição e a vivo intensamente” declarou.

Leonardo Quintans agradeceu a sua família, aos professores que se tornariam futuros colegas de Ministério Público, aos ex-presidentes da APMP Amadeu Lopes, Francisco Seráphico, Bergson Formiga e Márcio Gondim com quem pode partilhar momentos de aprendizado na APMP e no MPPB e também ao promotor de Justiça Antônio Hortêncio pela parceria na administração da atua gestão do Ministério Público.

Por fim, Quintans destacou suas pretensões para a gestão nos próximos dois anos: “Diálogo e União: por um Ministério Público Forte! O nome da nossa chapa revela características pessoais e de valores que tenho, que aprendi ao longo desses anos, e foram postos em prática na construção de nossa diretoria. Com o exercício prático dessas premissas, conseguimos reunir vários segmentos e pensamentos vivos de nossas instituição, em torno de uma unidade que somente benefícios vem trazendo à classe, ao Ministério Público e à sociedade”.

 

(Foto: Divulgação/ Ascom APMP)

 

(Foto: Divulgação/ Ascom APMP)

 



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você