Política

Em novo ataque, ministro da Educação provoca Lula e chama ex-presidente de “nove dedos”

Segundo Weintraub, ao reproduzir os mandamentos bíblicos, ele chama o ex-presidente de "nove dedos" e pede para ele siga o 10°, 'não cobiçar as coisas alheias'.

25/02/2020


Na imagem o ministro Abraham Weintraub

Portal WSCOM

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou sua conta no Twitter nesta terça-feira (25) para atacar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, chamado de “nove dedos” pelo chefe do MEC, que demonstra não ter condições morais para ocupar um cargo público.

 

Segundo Weintraub, ao reproduzir os mandamentos bíblicos, ele chama o ex-presidente de “nove dedos” e pede para ele siga o 10°, ‘não cobiçar as coisas alheias’.

 

“Infelizmente no Twitter cabem apenas quatro perguntas. Assim, vamos começar apenas pela Segunda Tábua. Qual Mandamento os discípulos do Nove Dedos (do Sem Nome) têm mais dificuldade em seguir?”, escreveu o titular da pasta.

 

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.