Política

Efraim vê aumento de ‘ruído’ com Caso Queiroz, mas não crê em impeachment de Bolsonaro


21/06/2020

Efraim Filho, líder do DEM na Câmara (Foto: Reprodução)

Portal WSCOM

O líder do Democratas na Câmara Federal, deputado Efraim Filho, opinou que a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, não deve levar a um processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Efraim pontuou que a relação comprovada de Queiroz é com Flávio, e não com o presidente.

“Não vejo momento para impeachment. Até porque a relação era com Flávio Bolsonaro, o senador. Para fazer com que isso chegue ao presidente, tem que ser investigado e isso pertence à justiça. Não cabe ao Congresso fazer antecipação de culpa”, disse.

No entanto, ele pontuou que o caso gera ruído dentro do Poder Executivo, mas reiterou o foco do Congresso nos projetos a serem votados em meio à pandemia.

“É claro que esse episódio vai elevar o tom do ruído na política, mas o Congresso tem que ter a maturidade de deixar esse tema no paralelo. Não pode paralisar nossas atividades para votar projetos nesse tempo de pandemia”, declarou.



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.