Educação

Edital com novas datas para seleção das vagas remanescentes do Fies é divulgado

A seleção havia sido paralisada após o sistema apresentar instabilidade

15/10/2020


Imagem divulgação

Agência Educa Mais Brasil



O novo cronograma para a oferta de vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) ontem (13). São cerca de 50 mil vagas disponibilizadas a partir do dia 26 de outubro. A seleção havia sido paralisada após o sistema apresentar instabilidade por conta do volume de acessos. As vagas remanescentes são aquelas não ocupadas no processo seletivo regular.

Nessa nova rodada de inscrição, poderão se inscrever tanto os candidatos não matriculados em instituição de educação superior, como também aqueles já matriculados, mas que buscam uma oportunidade para financiar a continuidade dos estudos.

O MEC também informou que nos dois primeiros dias de inscrição – de 7h do dia 26 até as 23h59 do dia 27 de outubro – as vagas disponibilizadas são destinadas apenas aos cursos de áreas de conhecimento prioritárias, como os cursos de saúde, engenharias, licenciaturas e Ciência da Computação.

A seleção segue então até o dia 03 de novembro para os candidatos não matriculados em instituição de educação superior. Já aqueles que já estão matriculados no curso, mas querem continuar estudando com o auxílio do Fies as terminam 23h59 do dia 27 de novembro. Todas as vagas são referentes ao segundo semestre de 2020 e estão disponíveis na página do Fies na internet

Critérios para vagas remanescentes do Fies 2020.2

Assim como no processo regular, a seleção é feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, desde que o candidato tenha obtido uma média igual ou superior a 450 pontos na soma das provas objetivas e não tenha zerado a redação. Além disso, a renda mensal bruta deve ser de até três salários-mínimos por pessoa do grupo familiar.

O processo de ocupação das vagas remanescentes ocorre de acordo com a ordem de conclusão das inscrições. Por isso, os candidatos precisam ficar atentos, pois se for necessário alterar alguma informação depois de ter concluído o cadastro no sistema, terá que cancelar e efetuá-la novamente. Sendo assim, a vaga escolhida poderá ser ocupada por outro candidato que tiver concluído a inscrição antes.


Em respeito a Legislação Eleitoral, os comentários estão temporariamente suspensos.