Educação

Curso de orientação vocacional para pré-vestibulandos é oferecido gratuitamente por ONG

“Decisão de Carreira na Prática” é composto por videoaulas e outras ferramentas


03/11/2021

(Foto: Agência Educa Mais Brasil)

Portal WSCOM

Estudantes que vão prestar o Enem e outros vestibulares podem buscar referências sobre qual profissão seguir através do curso gratuito “Decisão de Carreira na Prática”. A formação, que é oferecida totalmente gratuita pelo projeto Na Prática, conta com de videoaulas e ferramentas usadas em processos de mentoria de carreira. Para ter acesso basta se inscrever no site para participar.

O Na Prática é um projeto da Fundação Estudar, Organização Não Governamental (ONG) fundada em 1991, que oferece cursos e conferências que apoiam jovens universitários e recém-formados em seu desenvolvimento pessoal, profissional e na tomada de decisão de carreira.

O curso disponibilizado por eles é dividido em cinco módulos e apresenta conhecimento de mercado de trabalho e de vida acadêmica, abrindo possibilidades ainda não cogitadas pelos estudantes. Com isso, espera-se auxiliar no desenvolvimento da motivação e da autorrealização profissional.

Outra ferramenta para escolha da carreira

A estudante do 6º semestre de Psicologia, Brenda Vaz, de 21 anos, aderiu ao teste vocacional on-line para decidir qual graduação iria cursar. Ela usou a ferramenta pela primeira vez antes de ingressar na faculdade de Direito, curso que ela abandonou no 2º semestre. Depois, usou novamente para confirmar se Psicologia era o curso ideal para ela.

“Eu já comecei fazendo o curso de Direito bastante desanimada, pois tinha uma noção que realmente queria Psicologia. Fiz diversos testes vocacionais, apareciam vários cursos, mas o que me encantou mesmo entre eles foi o de Psicologia. No momento da troca de curso, comecei a buscar mais testes vocacionais só para ter certeza de que era aquilo que eu queria mesmo, para dar uma coragem na hora da troca”, conta a estudante.

O teste vocacional é utilizado como um guia que vai apontar quais inteligências o indivíduo apresenta como dominantes em seu perfil e em quais cursos elas se encaixam. É comum que muitos estudantes sintam medo, angústia e indecisão na hora de escolher uma profissão. Nesse momento, escola e família têm papel importante.

De acordo com a psicóloga e especialista em carreira, Clara Bonelli, o teste vocacional por si só não é conclusivo para a escolha de uma profissão, mas dá indicações bastante úteis. “Não é capaz de definir se o aluno vai seguir aquela profissão, mas é capaz de dar um direcionamento, uma orientação, até mesmo para aquelas pessoas que não têm condições de pagar um psicólogo”, pontua a profissional.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.