Policial

Correspondente bancário é preso por intermediar empréstimos fraudulentos em João Pessoa


20/04/2024

Foto: Policia Civil

Portal WSCOM



 Um consultor de correspondente bancário foi preso ontem por aplicar golpes em aposentados do INSS.  O alvo da investigação é um escritório de uma empresa situada no centro de João Pessoa, para onde as vítimas eram atraídas com falsas promessas de benefícios, mas, na realidade, deixavam o local apenas com juros de empréstimos a pagar.

Siga o canal do WSCOM no Whatsapp.

O investigado confessou que intermediava empréstimos indevidos, visando unicamente bater uma meta mensal, fixada pela empresa, e que poderia chegar a R$ 300 mil em contratações. Em troca, o investigado recebia comissões de até 10% dos valores contratados.

A prática é nacionalmente conhecida como “Golpe da Selfie”, tendo em vista que a validação da contratação é feita por meio de uma fotografia da vítima, encaminhada por aplicativo de assinatura digital.

Em levantamento realizado pela DDF, foi constatada a existência de pelo menos 48 ações cíveis ajuizadas em desfavor da empresa alvo da ação policial, em razão da mesma prática e tendo como vítimas aposentados do INSS.

Foram conduzidos e ouvidos os 13 funcionários da empresa, sendo um deles autuado em flagrante delito e posteriormente encaminhado à carceragem da Cidade da Polícia Civil, onde deverá permanecer à disposição da justiça. As proprietárias da empresa já foram identificadas e serão ouvidas nos próximos dias.

A prisão contou com o apoio da Unintelpol/PCPB, da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (DCCPAT) e da Delegacia de Acidentes de Veículos (DAV).



Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.