Internacional

Corpo de deputado russo é encontrado dentro de barril repleto de cimento

18/02/2013


O corpo de um deputado russo, sequestrado na semana passada, foi encontrado em um barril repleto de cimento em uma pequena cidade próxima de Moscou.

"O corpo de Mikhail Pakhomov, deputado do Conselho Legislativo da cidade de Lipetsk [438 km ao sul de Moscou], foi encontrado no subsolo de uma garagem privada dentro de um barril de metal repleto de cimento na localidade de Obujovo", informou o comitê de investigação russo. A cidade fica a 30 km de Moscou.

Pakhomov, de 37 anos, desapareceu em 12 de fevereiro em Lipetsk e a polícia iniciou uma investigação por sequestro e assassinato.

Rússia desiste de buscar meteorito que deixou mais de mil feridos

O ministério russo do Interior anunciou nesta segunda-feira (18) a detenção de 11 pessoas suspeitas de participação no crime, assim como o idealizador, um morador de Moscou de 40 anos.

O comitê de investigação informou o indiciamento de um ex-ministro da Habitação e de Serviços Coletivos da região de Moscou, Yevgueni Kharitonov, por ter ordenado o sequestro de Pakhomov.

A motivação não foi revelada.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.