Futebol

Corinthians: queda na Libertadores pode criar buraco de quase R$ 20 milhões para o clube em 2020

12/02/2020


Tiago Nunes, técnico do Corinthians (Marco Galvão - FotoArena)

ESPN.com.br

O Corinthians busca uma vaga na terceira fase prévia da Copa Libertadores, mas muito mais do que a sequência na competição, a partida desta quarta-feira (12) contra o Guaraní-PAR define o futuro financeiro do clube.

Na quinta-feira, um dia após a definição em campo, será votado o orçamento do clube para 2020, e a previsão sofreu grande transformação: de déficit de R$ 21.318.000 para superávit de R$ 40 mi, graças a cortes de custos de viagens, diminuição de despesas financeiras e redução do consumo de energia elétrica. Mas isso pode despencar caso o time não consiga a classificação nesta noite, na Arena.

Isso porque, como relatou Rodrigo Capelo em seu blog no Globoesporte.com, o clube está contando com premiações vinculadas às competições que disputa na temporada para fechar o ano. No planejamento, o clube projeta chegar às oitavas de final da Libertadores, além das oitavas da Copa do Brasil – o que já está garantido – e terminar o Brasileirão em 7º.

Na competição continental, os times são premiados ao passar de fase, e caso o Corinthians caia hoje, vai deixar de receber quase R$ 20 milhões.

– 500 mil dólares por premiação ao chegar à terceira fase – R$ 2,1 milhões

– 1 milhão de dólares por jogo em casa na fase de grupos – R$ 13 milhões

– 1,05 milhão de dólares por jogo em casa nas oitavas – R$ 4,55 milhões

Isso fora bilheteria, que o Corinthians conta nas receitas, mas vai tudo que entra vai direto para a Arena.

Somando as premiações da terceira fase, da fase de grupos e das oitavas de final, o clube paulista recebe R$ 19,65 milhões, que já são tratados como parte do planejamento orçamental para a temporada atual.

Ou seja, o jogo de hoje é muito importante para as pretenções da temporada dentro de campo, mas uma queda pode comprometer o ano não só desportivamente, mas também pode causar um buraco financeiro.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.