Marcia Brandeburski

Médica Endocrinologista

Saúde

O conhecimento nos faz errar menos


13/12/2021

Imagem divulgação

O conhecimento sobre fatos e sobre a ciência permite que cometamos erros menores, mas será que os portadores de Diabetes reconhecem o valor do conhecimento em seu tratamento?

Para a maioria das doenças o tratamento consistente  em usar um medicamento objetivando a cura. Entretanto, no Diabetes a situação é diferente, pois a educação é considerada como parte do próprio tratamento da doença.

O controle adequado do Diabetes Mellitus inclui atitudes que sejam incorporadas  à  rotina diária dos diabéticos. Entre elas salientamos:

  • a monitorização diária da glicemia, através de aparelhos que medem o açúcar no sangue,
  • 2- conhecer o valor glicêmico dos alimentos,
  • 3- praticar exercícios físicos,
  • 4-controlar adequadamente o peso,
  • 5- o uso correto da medicação oral,
  • 6- preparo adequado e aplicação corretos da insulina.

É importante para o paciente e seus familiares conhecerem o estágio de sua patologia, reconhecer os sintomas da glicose elevada ou muito baixa, bem como os tipos de insulina que podem ser usadas.

Os pacientes e seus familiares precisam ser orientados sobre os cuidados básicos para prevenir as complicações agudas (excesso ou falta de glicose no sangue) e complicações  crônicas da doença, como problemas cardiovasculares, neurológicos, renais, oftalmológicos, e cuidar muito bem de ferimentos nos pés.

A informação sobre a doença e a educação são pilares do bom tratamento!

Em caso de dúvidas procure esclarecê-las!

 

 

 


O Portal WSCOM não se responsabiliza pelo conteúdo opinativo publicado pelos seus colunistas e blogueiros.
Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.