Gil Sabino

Jornalista e assessor de imprensa.

Business

Influencers e as tendências do novo normal no mundo da mídia


09/06/2021

Famosos e bilionários que estão no grupo dos maiores influencers do Brasil: Neymar, Juliett, Gil do Vigor, Whinderson Nunes, Felipe Neto e Anitta.

As redes sociais trouxeram para o centro da comunicação em massa, uma interessante proposta de valor, agregando benefícios para os investidores em publicidade, patrocínios, grandes eventos, e outras formas de lançar e expor produtos e serviços das grandes marcas. Estamos falando dos influencers, ou simplesmente influenciadores.

Sim, são personalidades do mundo atual, de perfis geralmente jovens, que dedicam seu tempo em postar conteúdo nas redes sociais, principalmente na plataforma Instagram.

Começaram, a maioria, de forma despretensiosa, e foram tomando gosto a cada vez que enxergavam o público de seguidores aumentar seu número em escala matematicamente indizível.

Estes personagens passaram a ser procurados por profissionais de marketing e publicidade para associar suas campanhas para marcas interessadas em conectar com o grande público, ou seja, comunicar com seus bilhares de seguidores através de seus canais, uma nova forma de vender imagem, e promover seus produtos no mercado.

Assim, artistas, atletas, ou simplesmente desconhecidos do mundo da mídia, tornaram-se importantes profissionais do mercado e ainda melhor, ficaram bilionários da noite para o dia.

No ranking dos mais contados influencers da internet no Brasil, está o jogador Neymar, com 151,6 milhões de seguidores. A cantora Anitta, que ocupa a terceira posição, arrasta nada mais, nada menos que 53,8 milhões de seguidores. São fãs espalhados por todo o mundo que a cada dia que acordam, despertam interagindo em suas redes sociais e não deixam de dar um like antes de levantar da cama.

Um dos mais conhecidos, Whinderson Nunes, 52 milhões de seguidores, começou postando pequenos vídeos em que contava histórias, fazia comentários bobos e bem humorados, aparecia em seu quarto de dormir com ou seu camisa, e descontraído, foi assim conquistando o público. Não demorou muito, passou a ser convidado para participar de shows, apresentações previamente superlotadas com ingressos antecipadamente vendidos através da internet, também passou a fazer comerciais de sanduiches, e diversos outros produtos, ficou rico, comprou seu avião particular e ganhou o mundo…

Outro exemplo bastante querido, discutido e disputado no mercado, Felipe Neto, trata de um garoto inteligente que costuma formar opinião e criar polêmicas através de suas falas, geralmente de cunho politizado. Chegou a ser intimado e preso para prestar depoimento, daí então aumentou sua fúria e postagens contra o governo ditador. Com seus 42 milhões de seguidores é hoje um persona non grata, uma ameaça aos círculos do poder no Palácio da Alvorada.

Mas as tendências da moda não ficam por aí. É natural que a internet tenha revolucionado o mercado da mídia, da indústria e do varejo, e tenha forçado a criatividade de milhões de novas opções de investimento e trabalho. Milhares de empresas fecharam suas portas, algumas apenas reduziram a produção e seguiram, tentando descobrir uma maneira de superar dificuldades e sobreviver.

No Brasil, a TV Globo buscou ajustar-se a esse novo universo, criando canais opcionais de programação para atender os milhares de consumidores de conteúdo programático. Tanto na dramaturgia como nos esportes, na música, na saúde, educação, política, a diversificação de sua programação e canais, garantiram ampliar e inovar. Num mundo onde cada vez mais, em questão de segundos, se valorizam e se descartam ações, e tudo com a velocidade de foguetes que vão ao espaço.

O top de mídia social do momento veio de um dos programas da Globo, o BBB2021, que revelou dois nordestinos simpáticos, de jeito autêntico, popular, inteligentes e com forte presença nas redes sociais: Juliette, uma advogada e maquiadora paraibana, que foi a vencedora do reality show; e Gil do Vigor, um economista de Pernambuco que se preparava para concluir seus estudos no exterior.

São eles, Juliette Freitas, com 30,2 milhões de seguidores em sua conta no Insta, e Gil do Vigor com 14, milhões, que em menos de um mês passaram a ser a bola da vez da publicidade no Brasil, Ambos já assinaram contrato, ela com a Avon, Americanas, e outras marcas além de firmar-se na própria Globo, sendo a nova embaixadora da Globoplay; e ele, com a Vigor, Banco Santander, Bis, Boticário, entre outras marcas, além de também fechar com a própria Globo. Cada um garantiu já mais de R$10 milhões em suas contas, com contratos que vão de três meses a um ano.

O que estes novos famosos vão ter que fazer? Participar de programas, conceder entrevistas, gravar comerciais, pousar para anúncios e administrar suas próprias carreiras. Além de despertarem a cada dia com o compromisso de administrar suas redes sociais com conteúdos que sirvam de atrativo para manter próximos seus milhares de (per) seguidores. Eles são agora os novos influencers e esse é o novo normal no mundo da mídia.


O Portal WSCOM não se responsabiliza pelo conteúdo opinativo publicado pelos seus colunistas e blogueiros.
Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.