Paraíba

Em João Pessoa, projeção de Bares e Restaurantes para futuro próximo é de caos: como encarar e resolver? Urge medidas de Governos

23/03/2020


A decisão dos Governos de determinar o fechamento de todos os negócios em João Pessoa, por exemplo, sob argumentação sanitária justificada diante do Coronavirus nem por isso encobre graves projeções à frente envolvendo 4 mil empreendimentos no segmento de Bares e Restaurantes totalizando em torno de 100 mil pessoas.

Detalhe: nestes números não estão inseridos idêntica quantidade de similares não registrados formalmente no setor e ainda sem contabilizar as pessoas envolvidas indiretamente (mães e filhos) chegando ao todo algo em torno de 400 mil pessoas.

É este segmento que está à beira do caos, como nos contou nesta segunda-feira o presidente da ABRASEL JPA, Artur Lira, por que, segundo ele, a maioria não dispõe de condições para segurar a onda por 15 ou mais dias parados em face de diversos fatores.

– Não vemos ninguém tratar do assunto especificamente em nosso setor de Bares e restaurantes mas, se o Governo Federal não bancar com os Estados os salários dos funcionários a quebradeira vai gerar graves problemas muito em breve – frisou.

Artur Lira disse que sua leitura não se traduz em criar pânico, pois traduz a dura realidade do momento tendendo a piorar muito.

– Sexta-feira encarei uma cena de cortar coração. Um empresário decente não se conteve em prantos ao afirmar que não tem condições de passar tanto tempo fechado, já com grandes responsabilidades, e ainda sem dinheiro para pagar férias de funcionários- declarou.

É esta realidade que exige já a criação de um Comitê Urgente de Crise para levantar dados e propor aos governos locais (Estado e Municipios) medidas efetivas, e ter as quais a quebra da Lei do Teto imposta pelo ex-presidente Temer, atraso de líder, para resolver as Urgências.

Só sabemos que é preciso agir rápido.

Leia outros artigos

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.