Paraíba

Brasil em crise de liderança

29/05/2020


Na imagem, o ex-Reitor da UFPB, Rômulo Soares Polari

O Brasil exagera na ineficiência, diante da sua grave situação. Suas mega crises da pandemia COVID-19 e econômica estão entre as duas maiores mundo.

Temos mais de 25 mil pessoas mortas e 414 mil infectadas p/COVID-19. Nos três meses fev-abr perdemos quase 5 milhões de postos de trabalho. A queda do PIB já supera às de 2015/16.

No fim do mês, chegaremos perto dos 30 mil mortos e 500 mil infectados. Em 15 de junho, esses números serão na ordem de 700 mil e 40 mil, no pico da pandemia.

Até o fim deste ano, o PIB brasileiro poderá cair 10%. Já é assustador a quebradeira de micro, pequenas e médias empresas e a precarização das condições de vida dos trabalhadores. Ainda pode ser pior!

Estados e municípios, com as receitas em queda, tendem a reduzir a prestação de serviços públicos essenciais. A partir de julho, terão dificuldade de pagar seus servidores ativos e inativos.

Pelo amor de Deus, senhores dirigentes e líderes. Chega de lutar mais pelo poder do que para resolver as crises do Brasil. O que vale cantar tanto amor pelo pais, sem fazer o que é possível para evitar a destruição do seu presente e futuro?

Leia outros artigos

Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.